É manhã d’outono. O beija-flor; no galho, Parado, chora com saudade da sua flor. Voam folhas secas do pé de carvalho Que caem, doirando o chão, d’única cor. Oh passarinho, não chores! É o trabalho Da natureza, do Arquiteto Deus criador. Contempla a alegria do divino orvalho, Que vem serenando, em graça e amor. Encontrarás […]

via O beija-flor no outono — Beija-flor Cigano

O beija-flor no outono — Beija-flor Cigano

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: